Brasil Insights

Voltando pra casa

Thiago Magalhães

consultor de Learning & Insights

Áudio, Texto, TV e Vídeo 21.09.2016 / 04:00


Kantar
  • SAVE
  • Close

    SHARE THIS WITH FRIENDS

  • EMBED
    Close

Nos últimos anos, o brasileiro tem dado preferência a comer e se divertir em casa

Em meio a tantos afazeres cotidianos, como trabalho, estudos, trânsito e prática de atividades físicas, a volta pra casa é o horário nobre da vida do consumidor. Aquele momento para soltar o botão da camisa, tirar o salto alto e parar para relaxar. E, de acordo com estudo da Kantar IBOPE Media, esse horário se inicia ao final da tarde durante a semana, quando as pessoas tendem a sair do trabalho ou escola e seguir para as suas casas.

Entre 18h e 20h de um dia típico, cerca de um terço da população das grandes regiões metropolitanas costuma jantar, 85% delas em casa. No último ano, o hábito de fazer refeições em casa aumentou. Isso influenciou os gastos com alimentação e bebidas em casa, que cresceram 9% em 2015, à medida que estas mesmas atividades, quando realizadas fora do lar, apresentaram uma queda de 1%, segundo dados do HolisticView 2016 da Kantar Worldpanel. No total, mais de meio milhão de lares deixaram de jantar fora de casa em 2015.



Kantar
  • SAVE
  • Close

    SHARE THIS WITH FRIENDS

  • EMBED
    Close

Quanto aos momentos de descontração, que também acontecem a partir do começo da noite, a qualidade da experiência é fundamental. Tanto que, no último ano, os gastos com lazer aumentaram 7% em relação a 2014. Entre as atividades, está o consumo de mídia, como a televisão. No primeiro semestre de 2016, a média de televisores ligados nos domicílios foi superior ao do mesmo período nos anos anteriores, com o pico entre 20h e 22h.

Ainda em relação à mídia, vale ressaltar que a televisão por assinatura (+5%) e o acesso à internet (+12%) são alguns dos serviços responsáveis pelo crescimento dos gastos com lazer, segundo a Kantar Worldpanel. Além disso, dados do Target Group Index apontam ascensão de 40% no uso de vídeo on demand em 2015, contribuindo para uma maior personalização da experiência do consumidor.

Entender essa qualidade do horário nobre do consumidor é essencial, já que o tempo disponível para lazer é um só. Ou seja, o consumidor precisa escolher o que é mais relevante para ele. Na televisão, o pico de audiência do conteúdo não linear - on demand ou gravado - ocorre em horário próximo ao do linear, ou seja, em um mesmo horário os telespectadores tendem a selecionar conteúdos diferentes, independentemente de quando foram exibidos.

Para uma experiência ainda melhor, os telespectadores estão optando por televisores melhores e maiores. De 2014 para 2015 houve uma migração do televisor de tubo para LED e telas de até 26’’ abriram espaço para TVs maiores. Esta melhoria também se reflete na compra de espaço publicitário pelo setor de eletroeletrônicos que, no 1º trimestre de 2016, investiu 23% a mais do que no mesmo período de 2015, segundo o Monitor Evolution da Kantar IBOPE Media. O mesmo estudo aponta que o setor de casa e decoração investiu 11% a mais no primeiro trimestre de 2016, quando comparado a esse período em 2015.



Kantar
  • SAVE
  • Close

    SHARE THIS WITH FRIENDS

  • EMBED
    Close

O aumento das atividades dentro de casa é uma oportunidade de contato com os consumidores em momentos assertivos. Para isto, é importante equilibrar os esforços de comunicação em ações que potencializem a experiência de estar em casa, que proporcionem bem-estar, mas que sejam úteis e personalizadas, sem esquecer, é claro, do custo-benefício.

Fonte: Kantar IBOPE Media

Nota da Editora

Todos os dados publicados no Kantar Brasil Insights são públicos e podem ser utilizados livremente.  

Jornalista, se precisar de mais dados ou se quiser entrevistar algum dos nossos especialistas, por favor, entre em contato conosco.

Você também pode receber nossas novidades através da nossa newsletter, ou acompanhando nossas postagens no Twitter, no Facebook ou na nossa página no Linked In.

Últimas Notícias

Compra de espaço publicitário dos setores Farmacêutico e Administração Pública e Social conduziram o crescimento no período

Ambas as marcas, que hoje focam em lojas virtuais, anunciaram que estão se preparando para ter lojas físicas

Dados do ConsumerThermometer da Kantar Worldpanel mostram o que acontece com o consumo em meio às incertezas econômicas do Brasil

Marcas que observam as mídias sociais podem escolher usar menções e porta-vozes que fujam do lugar comum

Brasileiros ainda estão inseguros, mas têm esperança de melhoria no próximo ano

Leia também