Brasil Insights

A internet é o novo ponto de encontro dos consumidores

Thiago Magalhães

consultor de Learning & Insights

Marcas e Propaganda 19.07.2016 / 05:00

compras-digitais

É preciso estar preparado para lidar com a presença digital no ciclo de compras

Há algumas décadas, as lojas Mappin representavam o que havia de mais moderno, consolidando em um mesmo lugar a possibilidade de comprar roupas, alimentos e eletrodomésticos, bem como interagir socialmente. Era uma solução inovadora para a rotina apressada dos paulistanos.

Hoje, o mais novo ponto de encontro dos consumidores é a internet. Essa plataforma mais que dobrou sua abrangência nos últimos 10 anos e já é usada por cerca de 2/3 da população brasileira nas principais regiões metropolitanas.

Com essa evolução tecnológica, o dinheiro passou de papel para plástico e se tornou virtual, por meio de internet banking oubitcoins.Aliado a isso, os brasileiros estão cada vez mais maduros digitalmente: entre os que acessam a internet há cinco anos ou mais, 64% realizam mais de 10 atividades online, frente 35% dos que acessam há menos tempo, de acordo com o Target Group Index.

Esse universo virtual permite que o consumidor esteja em diversas lojas ao mesmo tempo, verificando os produtos existentes no mercado, comparando preços de um mesmo produto e consultando opiniões e avaliações de outras pessoas. Tudo ao mesmo tempo.

Nesse cenário, o processo da compra pode ser expresso por um ciclo orgânico que passa pela influência, propagação, interação e ação. Todas essas fases agem como protagonistas no processo que antecede a decisão de compra. 

KIM_atomo _compra

Na fase da influência, a publicidade exerce um papel fundamental como estimuladora das necessidades latentes dos consumidores, bem como para expor as ofertas disponíveis no mercado. Dentro do ecossistema midiático, os anúncios televisivos e na internet são os que mais prendem a atenção do público, como é possível notar no gráfico abaixo. Mais da metade da população acha que a propaganda na televisão é interessante e proporciona assunto para conversar. 



Kantar
  • SAVE
  • Close

    SHARE THIS WITH FRIENDS

  • EMBED
    Close

Nessa etapa, o consumidor conta também com sua própria experiência anterior (72%), assim como com sua família e amigos (70%), para adquirir informação antes da decisão de compra. Vale ressaltar que a internet cumpre esse papel para 20% da população nos principais mercados, segundo o Target Group Index.

A internet também é uma peça chave para a propagação da informação e interação entre os consumidores, uma vez que as redes sociais fortalecem o marketing boca a boca ao possibilitar o contato com diversas pessoas concomitantemente. Entre os internautas, 20% costumam comentar sobre marcas nessas redes e 19% são influenciados por comentários e opiniões publicadas on-line, segundo o mesmo estudo.

Entre os produtos comentados e buscados, os que demandam maior investimento tendem a ter mais influência da internet na troca de informações. Entre esses, os produtos tecnológicos, como celulares e equipamentos audiovisuais, são altamente conversacionais. Itens menos dispendiosos, como roupas e alimentos, são muito comentados, mas seus consumidores são menos impactados pelas informações on-line para a decisão de compra. 

Chart -grafico -KIM_ciclo _compra _atomo _grafico _comentarios _informacao _internet

Na hora da tão esperada decisão, ou seja, a ação efetiva de comprar, 29% dos compradores realizaram compras pessoais pela internet em um ano, à medida que praticamente todos os compradores o fazem em lojas físicas. Dessa forma, ainda que o e-commerce ganhe cada vez mais espaço, visto que a atividade triplicou em 10 anos, a experiência de compra nos locais físicos não perdeu sua importância. Vale observar, ainda, que o valor dispendido em compras pela internet, em média, R$377,00 por comprador em um mês, tende a ser mais alto do que o de lojas físicas, conforme demonstram dados do Target Group Index.

Nesse ambiente, em que o consumidor está apropriado da tecnologia e maduro digitalmente, os relacionamentos e experiência anterior são fontes ricas no processo de decisão de compra. Entretanto, omindsetdesses relacionamentos e experiências é desenvolvido pelos conteúdos propagados nas mídias. Para a elaboração de um planejamento eficaz é importante selecionar o meio mais apropriado em fase desse ciclo, bem como considerar cada segmento de produto, antes de determinar a estratégia mais adequada. Quanto mais acurada for a segmentação, melhor direcionados serão os esforços e maior serão a atração, a fidelização e o engajamento do consumidor com a marca.

Fonte: Kantar IBOPE Media

Nota da Editora

Todos os dados publicados no Kantar Brasil Insights são públicos e podem ser utilizados livremente.  

Jornalista, se precisar de mais dados ou se quiser entrevistar algum dos porta-vozes da Kantar, entre em contato conosco. Para falar com especialistas da Kantar IBOPE Media, por favor, entre em contato através do email comunicacaoibope@kantaribopemedia.com Você também pode receber nossas novidades acompanhando nossas postagens nas mídias sociais.

Últimas Notícias

Sejam os moradores jovens ou mais experientes, residências de até duas pessoas têm gasto per capita maior do que demais domicílios

A geração dos nascidos entre 1981 e 2005 busca autenticidade, tecnologia e compartilhamento

Nos últimos anos, cresce presença de marcas de luxo no ranking. A Toyota fica com a primeira posição e a Tesla se destaca como a marca mais diferenciada

Use a tecnologia para melhorar a experiência do consumidor

Leia também