Brasil Insights

Previsões e expectativas de consumo para 2017

Jacqueline Lafloufa

Editora de conteúdo e insights

Consumo e Negócios 03.01.2017 / 14:00

2017-previsoes-kantar-worldpanel

A Kantar Worldpanel destaca os principais temas esperados para o novo ano

O início do ano é permeado por muitos planos, resoluções e novos objetivos, e é importante que os planejamentos estejam alinhados com as expectativas gerais do ano. Segundo os especialistas da nossa Kantar Worldpanel, 2017 promete ser um ano de virada na América Latina, funcionando como um ponto de inflexão tanto para a economia quanto para o consumo, que têm previsão de aceleração.

Nos últimos anos, as marcas locais também têm ganhado importância nos mercados latinos, tendência observada principalmente no Brasil, México, Colômbia, Chile e Bolívia. Apesar das dificuldades do ano de 2016 para os brasileiros, o consumo voltou a crescer a partir do segundo semestre.

A verdade é que os últimos 10 anos trouxeram muitas mudanças estruturais na nossa economia, que geraram oportunidades para as marcas. Hoje em dia, por exemplo, as família são menores, com menos filhos, e o resultado é que existe mais dinheiro disponível para mimar as crianças. Outra mudança é a maior presença feminina no mercado de trabalho. No Brasil, 40% das mulheres têm um trabalho, e elas precisam de praticidade, simplicidade e conveniência, já que o tempo delas vale ouro!

SAIBA MAIS: Os pequenos luxos cosméticos da maternidade

O estresse também é fator crucial: 54% das consumidoras se sentem estressadas, o que faz com que seja importante ajudá-las a relaxar e desfrutar dos pequenos prazeres com produtos indulgentes, que trazem pequenos prazeres, bem no estilo "eu mereço".

Em termos de e-commerce, a previsão da Kantar Worldpanel é de crescimento. Até 2025 a expectativa é que esse canal chegue a representar 3% do mercado latino-americano. O principal obstáculo que as lojas virtuais precisam resolver no Brasil é o fato de que os latinos gostam de ver e tocar os produtos antes de comprá-los, além de valorizarem um bom atendimento dos vendedores. Nesse sentido, os assistentes virtuais e as reproduções virtuais das prateleiras do mundo real podem ajudar os compradores latinos nas lojas online.

LEIA TAMBÉM: As tendências das mídias sociais para 2017

Fonte: Kantar Worldpanel

Nota da Editora

Precisa de mais dados ou quer entrevistar nossos especialistas? Entre em contato com a nossa editora.

Para ficar informado sobre novos dados e informações, assine a newsletter ou acompanhe a Kantar no Twitter, no Facebook ou no Linked In.

Últimas Notícias

Com mais de 1,3 milhão de inscritos, Flamengo se torna líder em curtidas no Facebook entre os clubes brasileiros

Minimercados, voltados para compras que visam praticidade, vão ganhar espaço nos próximos anos

Até o momento, Brasil já soma ao menos 71 leões no Festival de Criatividade de Cannes

Confira dados do painel ComTech da Kantar Worldpanel

48% geralmente compram o que não (realmente) precisam, versus 34% dos consumidores hétero

Leia também