Brasil Insights

Samsung foca em novidades para consumidores fiéis

Lauren Guenveur

Analista de Mobile Global de ComTech

Móvel 13.04.2017 / 15:00

samsung-galaxy-s8-new-source-pressroom

Lançamento dos novos Galaxy S8 e S8+ tenta fidelizar quem já é cliente da marca

Há algumas semanas, a Samsung apresentou em Nova Iorque seu mais novos smartphones, os modelos Galaxy S8 e S8+. Em geral, os lançamentos da Samsung atraem muita curiosidade, especialmente pelo interesse em conhecer as mais recentes inovações da marca. Neste ano, contudo, o tom foi de apreensão, já que a marca precisava lidar com os resíduos da pressão relacionada aos problemas com um modelo da linha anterior, o Galaxy Note S7. Além disso, o lançamento dos novos smartphones da Samsung neste ano aconteceu mais tarde do que o esperado – foi a primeira vez desde o lançamento do Galaxy S3 que a marca não apresentou seus novos aparelhos durante a Mobile World Congress.

Ao mesmo tempo, a Apple também competiu pela atenção do público, lançando no dia 21 de março os iPhones 7 e 7 Plus na cor vermelha, além de uma atualização no iPhone SE, que agora possui mais espaço de armazenamento.

Mas será que a Samsung deveria estar preocupada? Provavelmente não. Ainda que o Galaxy Note 7 tenha passado por uma fase difícil, a Samsung já anunciou que a pré-venda do Galaxy S8 já é o dobro da que o S7 conseguira no ano anterior. No entanto, isso não transformará o S8 em forte concorrente ao iPhone. No ano passado, 5% dos novos clientes da Samsung tinham migrado de um iPhone, enquanto 66% já haviam sido proprietários de aparelhos da marca anteriormente. Os outros novos clientes da marca vinham da plataforma Android embarcada em aparelhos de marcas concorrentes. Ou seja, a Samsung provavelmente irá receber mais clientes vindos de sua própria base instalada ou de usuários do Android em outros aparelhos do que de ex-proprietários de iPhone.

Por isso, entendo que o foco da Samsung deve ser o de manter seus clientes dentro do seu ecossistema, quem sabe levando-os a explorar outras categorias, como é o caso dos aparelhos de realidade virtual como o Gear VR. Essa é uma estratégia que tem ficado evidente desde os últimos eventos em que a marca esteve presente, como a MWC e o Unpacked 2017, quando apresentou dois novos tablets, uma atualização no seu headset VR, uma câmera 360º, um roteador Wi-Fi, entre outros.

No final, o maior desafio da Samsung não será superar o Note 7 ou a Apple, mas encontrar formas de crescer em um ambiente tecnológico que está em constante mudança. Será preciso focar mais na interoperabilidade, na casa conectada e em formas de conseguir convencer os consumidores a comprarem essas mais recentes novidades.

Confira abaixo a distribuição geral das vendas de smartphones por sistema operacional no último trimestre:



Kantar
  • SAVE
  • Close

    SHARE THIS WITH FRIENDS

  • EMBED

 

Fonte: Kantar Worldpanel


Nota da Editora

Use o link acima para fazer download do press release. Você também pode aproveitar a interatividade do gráfico - basta clicar nas legendas para excluir ou incluir dados. 

Se quise utilizar o nosso gráfico em sua publicação, basta clicar no símbolo </> EMBED no rodapé do gráfico e copiar o código para incorporar no seu site.

 

Precisa de mais dados ou quer entrevistar nossos especialistas? Entre em contato com a nossa editora.

Para ficar informado sobre novos dados e informações, assine a newsletter ou acompanhe a Kantar no Twitter, no Facebook ou no Linked In.

Últimas Notícias

Em pesquisa sobre o sonho brasileiro, Canadá aparece como o favorito, seguido pelo Japão e EUA

Com mais de 1,3 milhão de inscritos, Flamengo se torna líder em curtidas no Facebook entre os clubes brasileiros

Minimercados, voltados para compras que visam praticidade, vão ganhar espaço nos próximos anos

Brasil tem a 4ª melhor performance histórica e leva 99 leões no Festival de Criatividade de Cannes

Confira dados do painel ComTech da Kantar Worldpanel

Leia também