Brasil Insights

Samsung foca em novidades para consumidores fiéis

Lauren Guenveur

Analista de Mobile Global de ComTech

Móvel 13.04.2017 / 15:00

samsung-galaxy-s8-new-source-pressroom

Lançamento dos novos Galaxy S8 e S8+ tenta fidelizar quem já é cliente da marca

Há algumas semanas, a Samsung apresentou em Nova Iorque seu mais novos smartphones, os modelos Galaxy S8 e S8+. Em geral, os lançamentos da Samsung atraem muita curiosidade, especialmente pelo interesse em conhecer as mais recentes inovações da marca. Neste ano, contudo, o tom foi de apreensão, já que a marca precisava lidar com os resíduos da pressão relacionada aos problemas com um modelo da linha anterior, o Galaxy Note S7. Além disso, o lançamento dos novos smartphones da Samsung neste ano aconteceu mais tarde do que o esperado – foi a primeira vez desde o lançamento do Galaxy S3 que a marca não apresentou seus novos aparelhos durante a Mobile World Congress.

Ao mesmo tempo, a Apple também competiu pela atenção do público, lançando no dia 21 de março os iPhones 7 e 7 Plus na cor vermelha, além de uma atualização no iPhone SE, que agora possui mais espaço de armazenamento.

Mas será que a Samsung deveria estar preocupada? Provavelmente não. Ainda que o Galaxy Note 7 tenha passado por uma fase difícil, a Samsung já anunciou que a pré-venda do Galaxy S8 já é o dobro da que o S7 conseguira no ano anterior. No entanto, isso não transformará o S8 em forte concorrente ao iPhone. No ano passado, 5% dos novos clientes da Samsung tinham migrado de um iPhone, enquanto 66% já haviam sido proprietários de aparelhos da marca anteriormente. Os outros novos clientes da marca vinham da plataforma Android embarcada em aparelhos de marcas concorrentes. Ou seja, a Samsung provavelmente irá receber mais clientes vindos de sua própria base instalada ou de usuários do Android em outros aparelhos do que de ex-proprietários de iPhone.

Por isso, entendo que o foco da Samsung deve ser o de manter seus clientes dentro do seu ecossistema, quem sabe levando-os a explorar outras categorias, como é o caso dos aparelhos de realidade virtual como o Gear VR. Essa é uma estratégia que tem ficado evidente desde os últimos eventos em que a marca esteve presente, como a MWC e o Unpacked 2017, quando apresentou dois novos tablets, uma atualização no seu headset VR, uma câmera 360º, um roteador Wi-Fi, entre outros.

No final, o maior desafio da Samsung não será superar o Note 7 ou a Apple, mas encontrar formas de crescer em um ambiente tecnológico que está em constante mudança. Será preciso focar mais na interoperabilidade, na casa conectada e em formas de conseguir convencer os consumidores a comprarem essas mais recentes novidades.

Confira abaixo a distribuição geral das vendas de smartphones por sistema operacional no último trimestre:



Kantar
  • SAVE
  • Close

    SHARE THIS WITH FRIENDS

  • EMBED

 

Fonte: Kantar Worldpanel


Nota da Editora

Use o link acima para fazer download do press release. Você também pode aproveitar a interatividade do gráfico - basta clicar nas legendas para excluir ou incluir dados. 

Se quise utilizar o nosso gráfico em sua publicação, basta clicar no símbolo </> EMBED no rodapé do gráfico e copiar o código para incorporar no seu site.

 

Precisa de mais dados ou quer entrevistar nossos especialistas? Entre em contato com a nossa editora.

Para ficar informado sobre novos dados e informações, assine a newsletter ou acompanhe a Kantar no Twitter, no Facebook ou no Linked In.

Últimas Notícias

Compra de espaço publicitário dos setores Farmacêutico e Administração Pública e Social conduziram o crescimento no período

Ambas as marcas, que hoje focam em lojas virtuais, anunciaram que estão se preparando para ter lojas físicas

Dados do ConsumerThermometer da Kantar Worldpanel mostram o que acontece com o consumo em meio às incertezas econômicas do Brasil

Marcas que observam as mídias sociais podem escolher usar menções e porta-vozes que fujam do lugar comum

Brasileiros ainda estão inseguros, mas têm esperança de melhoria no próximo ano

Leia também