Brasil Insights

Apple é principal marca de smartphone nos EUA e Reino Unido

Lauren Guenveur

Analista de Mobile Global de ComTech

Móvel 08.02.2017 / 06:00


Kantar
  • SAVE
  • Close

    SHARE THIS WITH FRIENDS

  • EMBED
    Close

Samsung mantém sua parcela de mercado nos EUA, praticamente intacta após os problemas com o Note 7

No último trimestre de 2016, o iOS continuou a mostrar crescimento em todas as regiões monitoradas pelo ComTech da Kantar Worldpanel, exceto na China urbana. Já o Android ganhou espaço na maioria dos mercados, exceto nos EUA, Reino Unido e Austrália.

Mesmo que o Android seja o maior ecossistema, a Apple é a principal marca nos EUA e Reino Unido nesse período. Nos principais mercados europeus, a Samsung aparece em destaque na primeira colocação, seguida pela Huawei. Na China urbana, a Apple não conseguiu recuperar a primeira posição, que continua sendo da Huawei.

O iPhone 7 e iPhone 7 Plus aparecem como os dispositivos mais vendidos do período das festas, conquistando a maior parcela de mercado desde o seu lançamento, em setembro do ano passado, representando 28% dos smartphones vendidos no último trimestre de 2016 nos EUA. Apesar dos problemas que a Samsung teve com o seu Galaxy Note 7, a empresa manteve sua parcela de 28,5% do mercado, uma queda de apenas 0,9% se comparada com o ano anterior. O Galaxy S7, anunciado pela Samsung na Mobile World Congress de 2016, foi o terceiro smartphone mais vendido no período. A decisão da empresa de não anunciar um Galaxy S8 na Mobile World Congress 2017 não deve ter um grande impacto nas vendas, já que os rumores sugerem que a novidade deve ser anunciada no já tradicional lançamento de abril.

LEIA TAMBÉM: Fitbit e Apple dominam mercado de wearables

Em geral, as vendas de smartphone apresentaram queda no último trimestre de 2016, se comparadas com o mesmo período do ano anterior. Considerando que o iPhone 7 aparece como o aparelho mais vendido, fica claro que a ausência da tradicional saída de áudio 3,5mm não teve um grande impacto para os consumidores. Além disso, os problemas com a bateria do Galaxy Note 7 não foram um fator significante para impactar as vendas. Com os smartphones se transformando emcommodities, existem menos razões importantes para estar frequentemente comprando um novo aparelho, mesmo quando existem muitas promoções, como acontece no final de ano. A tecnologia continua seguindo adiante e mesmo que os smartphones sejam centrais para novas tecnologias como a realidade virtual, a casa conectada e a internet das coisas, os smartphones já não são os dispositivos mais empolgantes dentro da casa. 

No Brasil, a situação é bem menos disputada: o Android é de longe o sistema operacional mais usados nos smartphones dos brasileiros, seguido pelo iOS da Apple e pelo Windows Phone. 



Kantar
  • SAVE
  • Close

    SHARE THIS WITH FRIENDS

  • EMBED
    Close

 

Fonte: Kantar Worldpanel


Nota da Editora

Os dados da matéria são provenientes do painel ComTech da Kantar Worldpanel, referentes ao último trimestre de 2016. Confira mais detalhes de todos os mercados no press release disponível no link acima. Confira também os números do período anterior, divulgados em janeiro.

Precisa de mais dados ou quer entrevistar nossos especialistas? Entre em contato com a nossa editora.

Para ficar informado sobre novos dados e informações, assine a newsletter ou acompanhe a Kantar no Twitter, no Facebook ou no Linked In.

Quer utilizar o nosso gráfico em sua publicação? Basta clicar no símbolo </> EMBED no rodapé do gráfico e copiar o código para incorporar no seu site.

Últimas Notícias

Marcas locais representaram 72% do crescimento do mercado de FMCG em 2016

Alta no valor das marcas sinaliza uma recuperação do Brasil

Flamengo registra recorde de crescimento mensal em 2017 e Ponte Preta tem a maior taxa de crescimento entre os clubes brasileiros no ano

Novas gerações vão se relacionar com marcas e produtos com base na autenticidade

Recém-chegada ao mercado, a Oppo aparece logo depois da Huawei como marca de smartphone Android favorita entre os chineses

Leia também