Brasil Insights

Cervejas se destacam entre marcas mais valiosas da América Latina

Eduardo Tomiya

Managing Director Latam

Marcas e Propaganda 20.02.2017 / 05:00


Kantar
  • SAVE
  • Close

    SHARE THIS WITH FRIENDS

  • EMBED
    Close

Elas representam 5 das 10 marcas listadas pelo BrandZ Latino-americano

As cervejas dominam o Top 10 das marcas mais valiosas da América Latina, segundo o mais recente ranking BrandZ. Representando 5 das 10 marcas listadas - e com 4 delas pertencendo ao grupo AB InBev - as marcas de cervejas latinas representam juntas um valor de marca de 26 bilhões de dólares, o equivalente a 25% do valor total do ranking. A brasileira Skol continua listada como a marca latina mais valiosa, demonstrando ter clareza no seu propósito e se conectando com o seu público atravpes de participação em festivais de música e inovando na comunicação, na embalagem e nos produtos. Em geral, a categoria sofreu uma queda de 2%, mas o impacto foi minimizado pelas marcas de cerveja mexicanas, país onde as gerações mais jovens estão tendo maior acesso ao crédito. As marcas que se destacaram como as que mais cresceram neste ano foram as cervejas Tecate (nº 26) e Sol (nº 33), ambas com crescimento de 31% no comparativo com o ano anterior.

Mercado latino enfrenta desafios

Em meio à um cenário político e econômico desafiador, o BrandZ Latino americano mostrou uma queda de 22% no valor total das marcas mais valiosas da região. É interessante notar que dentre as top 10 marcas, a queda foi menor - de 14% - o que evidencia que investimentos em marketing e em desenvolver uma marca forte funcionam como um escudo para tempos mais desafiadores.

O varejo foi a única categoria que não caiu em valor, aumentando sua participação no ranking regional, passando de 16% de representação no BrandZ de 2016 para 20% no ranking de 2017.

Nomes como Tecate, Sol, Liverpool, Bodega Aurrerá e Bimbo se destacaram no ranking, mostrando que as marcas mexicanas são fortes no mercado latino. Juntas, as mexicanas representam 43% do valor total do ranking. Ainda que o Brasil seja a maior economia latina, a instabilidade no país levou as marcas a caírem 1% na participação do BrandZ Latino americano, representando 23% do valor total do ranking.

Fonte: Kantar Millward Brown, Kantar Vermeer


Nota da Editora

Use os links acima para fazer download do press release (em inglês) e dos materiais do BrandZ Latino-americano. Você encontra mais informações sobre o Brandz no site BrandZ.com

O ranking BrandZ com as 50 marcas mais valiosas da América Latina - agora em sua 5ª edição - faz parte de uma série de rankings BrandZ que incluem também as Top 100 Marcas Globais mais valiosas, que será lançado em junho deste ano. Acompanhe os canais da Kantar para conhecer os rankings BrandZ regionais que serão divulgados em 2017.

Metodologia: A valorização das marcas do ranking BrandZ Latino-americano foi conduzida pela Kantar Vermeer, usando uma metodologia semelhante à utilizada para a criação do ranking anual das Top 100 marcas mais valiosas do mundo. Mantido pela WPP, o BrandZ é um ranking único, que combina dados financeiros da Bloomberg com opiniões de mais de 54 mil consumidores latinos, advindas de mais de mil entrevistas conduzidas pela Kantar Worldpanel, para criar um ranking robusto das marcas latinas. É importante ressaltar que para fazer parte do ranking, as marcas precisavam atender aos seguintes critérios: 1. a marca deve ser propriedade de uma empresa de capital aberto ; 2. a empresa de capital aberto precisa ter divulgado ganhos positivos; 3. a marca precisa ser caracterizada como uma marca local latino-americana (ou é originária da América Latina ou uma relevante parte do negócio é localizada nessa região).

Precisa de mais dados ou quer entrevistar nossos especialistas? Entre em contato com a nossa editora.

Para ficar informado sobre novos dados e informações, assine a newsletter ou acompanhe a Kantar no Twitter, no Facebook ou no Linked In.

Últimas Notícias

Elas estão liderando e transformando a sociedade. Será que as marcas estão prontas para lidar com elas?

Básicos continuam sendo priorizados, mas opções premium têm espaço no carrinho

Juntas, as top 100 marcas mais valiosas dos EUA totalizam 3,16 trilhões de dólares

Retração do consumo é mais forte no Nordeste e no Interior de São Paulo

Racionalização e seletividade vão entrar no carrinho

Leia também