Brasil Insights

Compra de espaço publicitário em programas culinários cresce 17% na TV

Marcas e Propaganda 05.09.2017 / 05:00


Kantar
  • SAVE
  • Close

    SHARE THIS WITH FRIENDS

  • EMBED
    Close

Programas e realities shows do gênero movimentaram o equivalente a R$839 milhões no 1º semestre de 2017

Os programas culinários fazem parte do cotidiano das pessoas desde a chegada da TV ao Brasil e estão conquistando cada vez mais espaço. De acordo com o Target Group Index, o interesse pela gastronomia vem aumentando: 46% dos entrevistados se dizem fascinados pela cozinha. Nos últimos 5anos, esse interesse cresceu 15% entre os homens e 2% entre as mulheres na mesma faixa etária.

Com tanta gente interessada em culinária, o cardápio de opções para os anunciantes também ganha relevância. Cerca de 30% das pessoas que concordam com a frase “cozinhar me fascina” tendem a confiar mais nos produtos que os apresentadores de TV indicam e 25% delas afirmam que celebridades influenciam suas decisões de compra.

De acordo com levantamento da Kantar IBOPE Media, a compra de espaço publicitário em programas culinários e realities shows do gênero movimentou o equivalente a R$839 milhões no 1º semestre de 2017, um crescimento de 17% em relação ao mesmo período do ano anterior, considerando TV aberta, paga e merchandising.

No período, 3 mil marcas estiveram presentes nestes programas. Entre as categorias, Cervejas e Supermercados, Hipermercados e Atacadistas representaram 10% da compra de espaço publicitário.

Entre os maiores anunciantes neste tipo de programação, se destacam a Unilever Brasil, o Carrefour e a Ambev.

Realities shows culinários: sucesso na TV e na internet

Os números de audiência corroboram o espaço conquistado pelo gênero da TV. De acordo com outro levantamento da Kantar IBOPE Media, entre janeiro e julho deste ano, 47 programas diferentes de realities shows culinários foram transmitidos na TV aberta e paga no Brasil. Quase 39 milhões de indivíduos consumiram ao menos 1 minuto desse conteúdo nas 15 regiões metropolitanas onde a audiência de televisão é aferida regularmente pela empresa. Nessas praças, esse número corresponde a 56% da população que possui TV no domicílio.

O estudo revela, ainda, que os realities shows culinários são mais consumidos por mulheres e em domicílios da classe AB. Quanto à faixa etária, a população de 25 a 49 anos foi a que mais assistiu a esse tipo de conteúdo.



Kantar
  • SAVE
  • Close

    SHARE THIS WITH FRIENDS

  • EMBED
    Close

buzz não se limita à TV. De acordo com o Kantar Social TV Ratings, que analisa o engajamento dos telespectadores no ambiente digital, entre janeiro e junho deste ano, os realities shows culinários coletados pelo serviço geraram mais de 300 milhões de impressões (quantidade de vezes em que os tweets relacionados ao programa foram visualizados durante a sua exibição) no Twitter.

O levantamento mostra, ainda, que esse tipo de conteúdo conquistou o público de maneira favorável: em média, 31% das menções sobre os programas são positivas e somente 6% negativas. Entre os principais assuntos comentados, se destacam tweets sobre os participantes dos programas, os apresentadores/jurados e as provas realizadas.

Fonte: Kantar IBOPE Media

Nota do Editor

Fontes Target Group Index: Kantar IBOPE Media | BR TG 2017 I (2016 1s + 2s) v1.0(Pessoas) – Copyright TGI LATINA 2017 / Kantar IBOPE Media | BR TG BR TG 2013 I (2012 1s + 2s) v1.0(Pessoas) – Copyright TGI LATINA 2013

Confira os dados na íntegra no site da Kantar IBOPE Media.

Últimas Notícias

Mobilidade urbana e influência do digital são alguns dos fatores que contribuíram para a revolução do OOH

Parece até loucura querer juntar dois temas de épocas tão distantes

Levantamento inédito da Kantar feito em 14 países avalia comportamento de compra online pela ótica de três determinantes: dinheiro, tempo e energia

Mercado estável e de soma zero traz diferentes desafios e nova visão sobre a concorrência para as marcas

Leia também