Brasil Insights

Estudo sobre mercado publicitário mostra crescimento de 36% no número de anunciantes

Rita Romero

diretora de novos Negócios e insights

Marcas e Propaganda 07.05.2019 / 00:00

Advertising

Saiba como foi 2018 e como será 2019 pelo olhar da Kantar IBOPE Media

Muitos acreditavam que 2018 seria um ano de retração. Para surpresa de alguns, o PIB cresceu pelo segundo período consecutivo e o mercado publicitário surfou na onda de positivismo e apresentou aumento no número de anunciantes. De acordo com o estudo Retrospectiva e Perspectivas, da Kantar IBOPE Media, o aumento foi de 36% e mais de 54 mil marcas invadiram os espaços publicitários.

Os setores que mais destinaram investimentos para compra de mídia foram Comércio, Serviços, Financeiro, Higiene Pessoal e Beleza e Farmacêutico, sendo que 85% dos novos anunciantes atuam nos segmentos de Serviços, Comércio, Cultura, Lazer, Esporte e Turismo e Imobiliário. A categoria de Eventos Sociais e Culturais liderou a presença de novas marcas, com mais de 8 mil produções artísticas promovidas em 2018, com forte contribuição regional.

O ano passado contou com a Copa do Mundo, que tradicionalmente impulsiona a compra de mídia e gera uma disputa acirrada pela exposição das marcas; e as eleições, reduzem os espaços publicitários nos meios de comunicação em função das propagandas e do horário eleitoral. Ainda assim, a tendência se manteve e o segundo semestre teve o maior volume de investimentos. Contrariando a tradição, 2019 pode inverter esse cenário e ter mais espaços ocupados em mídia no primeiro semestre, já que dois importantes eventos estão confirmados: a transmissão da Copa do Mundo Feminina e a Copa América.

Se passarmos uma lupa somente no evento Copa do Mundo, 57 novas campanhas foram criadas para a TV paga, com 51% do investimento vindo do setor de Serviços, seguido pelos setores Financeiro e Telecomunicações. Já na TV Aberta, durante a Copa do Mundo foram criadas 83 campanhas, com 45% do investimento vindo do Comércio, seguido pelos setores de Higiene Pessoal e Beleza, Telecomunicações e Alimentos. A Copa contribuiu para o crescimento de 10% do GAV (valores publicitário brutos, desconsiderando descontos e negociações), se comparado ao mesmo período no ano anterior.

A compra de mídia nos meios e veículos aferidos pela Kantar IBOPE Media, baseados em seu preço de vendas antes de qualquer redução resultante de descontos negociados, movimentou o equivalente a R$147 bilhões em 2018. Em relação ao desempenho dos meios, a TV concentrou 71% dos investimentos considerando TV aberta, TV por assinatura e merchandising. Os meios jornal e rádio mantiveram, respectivamente, a segunda e terceira posição.

Observando o desempenho dos indicadores econômicos e a evolução da compra de espaço publicitário nos últimos dez anos, percebe-se que o mercado de mídia tem resultado superior ao da economia como um todo, sendo que 2018 apresentou o maior crescimento dos últimos cinco anos.

Por fim, o estudo também mostrou a entrada de novos anunciantes e marcas. Nos meios e veículos aferidos pela Kantar IBOPE Media foram identificados um total de 34.789 novos anunciantes, representando 36% a mais de empresas nos espaços publicitários em 2018. O ano registrou 8 milhões de inserções a mais que o mesmo período do ano anterior, sendo que os mais de 34 mil novos anunciantes foram responsáveis por quase ¼ do crescimento, ou seja, 2 milhões de inserções, contribuição importante para o crescimento de espaços de mídia. Leia o estudo na íntegra no site da Kantar IBOPE Media.

Fonte: Kantar, Kantar IBOPE Media

Últimas Notícias

Mobilidade urbana e influência do digital são alguns dos fatores que contribuíram para a revolução do OOH

Parece até loucura querer juntar dois temas de épocas tão distantes

Levantamento inédito da Kantar feito em 14 países avalia comportamento de compra online pela ótica de três determinantes: dinheiro, tempo e energia

Mercado estável e de soma zero traz diferentes desafios e nova visão sobre a concorrência para as marcas

Leia também