Brasil Insights

Natal 2017: aumento no gasto e na quantidade de presentes

Isabelle Rio-Lopes

Head of Client Management

Consumo e Negócios 22.12.2017 / 10:00

Ktns_estudo_natal_ano_novo_2017-2018

Estudo mostra um consumidor com maior intenção de gasto, mas ainda preocupado com renda

Os brasileiros vão presentear mais neste Natal. Essa é uma das conclusões do estudo anual de Natal e Ano Novo produzido pela Kantar TNS, que sinalizou o comportamento de compra para esta época bem como as expectativas para o próximo ano. Em 2017, aumenta a quantidade total de presentes (11 unidades vs. 9 em 2016) e o tíquete médio (R$1.275 em 2017 contra R$1.215 do ano anterior).

De acordo com o estudo, 57% pensam em presentear com roupas ou sapatos, 45% com brinquedos e 36% com perfumes. Chocolates, cosméticos, acessórios e livros também foram selecionados. Produtos tecnológicos não são tão procurados.

Presentes -de -natal -2017

Dentre os entrevistados, 74% afirmam que utilizam páginas de internet das marcas para pesquisar sobre os presentes que vão dar, enquanto 42% pesquisam em redes sociais e 33% em anúncios na loja. Os meios digitais continuam importantes como meio de informação para escolher um presente, uma oportunidade que as marcas podem aproveitar.

E as mães seguem sendo as mais presentadas em nosso mercado (64%), seguidos de membros da família, como primo, irmãos, sobrinhos e avós (54%) e companheiro/a (53%).

Meios de pagamento

Neste ano, o dinheiro (42%) é a forma de pagamento preferida para comprar os presentes no Natal. Os meios eletrônicos vêm logo depois: 39% cartão de crédito e apenas 18% cartão de débito. Já loja de departamentos (74%) é o lugar onde pretendem comprar os presentes de Natal, seguida da internet/online (49%) e lojas especializadas (43%). Um destaque do estudo é o crescimento das compras via celular, que vem aumentando desde 2015. O número dobrou de 2016 para 2017 (8% para 16%), principalmente pela praticidade e o aumento dos aplicativos de vendas online.

Presentes -de -natal -2017-meio -de -pagamento

Presentes -de -natal -2017-compras -pelo -celular

Cesta de Natal

Sobre investimento no Natal, 52% disseram que vão gastar em presentes, 46% em roupas e sapatos, 41% na ceia. Nessa época, bebidas mais caras como champanhe, vinho e whisky ganham espaço nas festas, mas a cerveja ainda tem seu lugar garantido como preferida dos brasileiros.                                

Desejos para o ano novo

Em relação aos desejos para o novo ano, a preocupação com o dinheiro persiste: 74% disseram querer aumentar a renda, 48% buscar um novo trabalho e 67% guardar dinheiro. Estressar-se menos, comprar/trocar de carro e comprar/trocar a casa também estão na lista. 

Com relação à utilização do13º salário, 35% dos brasileiros indicaram que vão gastá-lo com viagens/férias, 41% disseram poupar e 35% pagar dívidas, número menor que ano passado, quando 40% destinaram para este fim.

Fonte: Kantar TNS

Últimas Notícias

Mobilidade urbana e influência do digital são alguns dos fatores que contribuíram para a revolução do OOH

Parece até loucura querer juntar dois temas de épocas tão distantes

Levantamento inédito da Kantar feito em 14 países avalia comportamento de compra online pela ótica de três determinantes: dinheiro, tempo e energia

Mercado estável e de soma zero traz diferentes desafios e nova visão sobre a concorrência para as marcas

Leia também