Brasil Insights

Kantar apresenta mudanças e tendências que impactam o consumo no Brasil e no mundo

Fernando Gambaro

Editor & Especialista em Comunicação

Consumo e Negócios 04.09.2019 / 00:00

Kantar Talks_Disrupting the Future

Mercado estável e de soma zero traz diferentes desafios e nova visão sobre a concorrência para as marcas

Durante o evento Kantar Talks, a Kantar, líder global em dados, insights e consultoria, apresentou mudanças e tendências que impactam o mercado no Brasil e no mundo, fornecendo diretrizes para que as empresas possam crescer, adaptando suas estratégias e campanhas de comunicação.

Em um cenário global onde a transformação constante é a única certeza, o relatório Energias Globais, da Kantar – realizado em 26 países, por meio de 34.000 entrevistas - evidenciou as 8 principais tendências que se tornam cada vez mais importantes para o consumidor. A primeira delas é a preocupação com a responsabilidade – tanto social, quanto ambiental -, seguida pela busca incessante por experiências positivas, bem-estar físico e espiritual, conexões humanas mais relevantes, fluxos flexíveis e simplicidade. Para completar, o consumidor atual também deseja preservar sua identidade, que é única e foge de estereótipos, e ter proteção, seja física, digital, ambiental ou financeira.

“Parece complexo e é, mas para crescer e se manter no topo as empresas devem ter conhecimento sobre esses conceitos, afim de atender as necessidades do consumidor, que se refletem na interação com as marcas e principalmente nas decisões de compra”. Comenta Sonia Bueno, Presidente Brasil da Kantar.

Global Energies_KTBR

Essas novas tendências criam um consumidor “multi”, ou seja, que se abre para novas perspectivas, tem mais opções de marcas, busca canais específicos para a sua compra. Ele procura o que lhe proporciona experiências mais valiosas, faz trocas, explora novas marcas e categorias e abandona antigas, frequenta menos vezes o ponto de venda e busca canais específicos para as suas compras.. E tudo isso faz surgir novos nichos de mercado. “Antes buscava-se alimentos menos calóricos, já hoje também há uma busca por segmentos como “sem glúten” e “sem lactose”, o que significa uma oportunidade e um desafio para as empresas”, afirma Elen Wedemann, Managing Director da Kantar, divisão Worldpanel.

Marcas_KTBR

Segundo ela, atualmente existe mais dificuldade para as megamarcas crescerem, seja por penetração ou frequência. “Para essas marcas conseguirem crescer ainda mais é necessário que elas usem diferentes canais e atentem-se que a decisão de compra é uma combinação de ocasião, benefício, necessidade e experiência”, completa Elen.

Megamarcas_KTBR

Como as marcas podem crescer e se manter no topo

A disrupção tornou-se a palavra do momento e algo vital para as empresas crescerem e se manterem no topo, mas de nada adianta se essa diferenciação não trouxer um valor real para o consumidor. O ranking BrandZ da Kantar, que mensura o valor das marcas há 14 anos, detectou que na comparação entre os rankings de 2006 e 2019, oito diferentes empresas aparecem entre as 10 maiores maiores – quase todas de tecnologia.

“As mudanças nos hábitos de consumo, produtos, mídia e tecnologia ditam quem atinge e quem se mantém no topo. Está muito difícil crescer e mais difícil ainda é manter o crescimento ”, garante Valkiria Garré, CEO  daKantar, divisão Insights. Segundo ela, entre 2006 e 2019, entre as 100 maiores marcas do mundo, 52 mudaram, ou seja, mais da metade.

O segredo para o sucesso está na combinação de três itens básicos: relevância, diferenciação e conhecimento. É fundamental que as empresas encontrem as necessidades dos seus consumidores para que possam ir além de onde já estão estabelecidas, foquem em nichos de mercado, personalizem seus produtos e serviços, cheguem mais facilmente ao consumidor e adotem novos modelos de negócios. Atualmente, as marcas só crescem se conseguirem se diferenciar, mas o principal é continuar nesse movimento.

Para nortear as marcas, a Kantar definiu, em parceria com o IRG - Institute of Real Growth - 7 pilares: ter uma visão mais ampla do mercado, ter múltiplos modelos de negócios, evoluir as experiências do consumidor, reescrever suas culturas, agilizar a organização, usar o lado direito do cérebro (combinando a análise de dados com a criatividade) e ter um crescimento humanizado.

 

Fonte: Kantar

Nota do Editor

O conteúdo foi criado com base nas apresentações do evento Kantar Talks. Caso você queira saber mais sobre algum assunto específico ou sobre o tema como um todo, envie um e-mail para breditor@kantar.com.

Últimas Notícias

CX é um motor para o crescimento, não apenas uma palavra da moda.

Um mergulho em duas décadas de história revelam transformações no consumo, na forma de comunicação e nas características da sociedade brasileira

Confira o Getting Media Right: Marketing in Motion e conheça os principais desafios dos profissionais

Estereótipo do gênero feminino como responsável pelas compras do lar não é fundamentado nesse canal

Batom faz parte do kit de maquiagem de 98% das mulheres com mais de 55 anos

Leia também