Brasil Insights

Europa quer que o Reino Unido continue na União Europeia

Edouard Lecerf

Diretor de pesquisa política

Política 13.06.2016 / 16:00


Kantar
  • SAVE
  • Close

    SHARE THIS WITH FRIENDS

  • EMBED
    Close

É o que mostram dados de uma pesquisa realizada em vários países europeus em junho, antes do referendo britânico

Continuar parte da União Europeia ou deixar o bloco? Essa é a questão que os cidadãos do Reino Unido deverão decidir no próximo dia 23 de junho em um referendo. Enquanto os britânicos ainda parecem divididos e hesitantes em relação ao referendo sobre a saída da União Europeia, outros países europeus claramente querem que o Reino Unido se mantenha parte do bloco, como é o caso da Alemanha (79% a favor do Reino Unido se manter na UE) e Irlanda (70%). Em alguns casos, o desejo de que os britânicos se mantenham parte do bloco chegou a aumentar se comparado com pesquisas realizadas em abril, como foi o caso da França (+6,65%) e Polônia (+10,64%).

Ao contrário das últimas tendências de opinião, a maior parte dos europeus - inclusive os britânicos - acreditam que o referendo decidirá pela manutenção da presença do Reino Unido na União Europeia. Os franceses abandonaram o ceticismo que tinham no mês de abril para apostar em um prognóstico mais favorável à manutenção do país no bloco (59%, +12% em relação à pesquisa anterior), e os alemães seguiram e ampliaram essa tendência (59%, +12%). Apenas dois países estão na contra-mão dessa tendência: a Holanda e a República Tcheca, que perderam 1 ponto percentual entres os favoráveis ao Reino Unido se manter no bloco.



Kantar
  • SAVE
  • Close

    SHARE THIS WITH FRIENDS

  • EMBED
    Close

Todos os países que participaram da pesquisa acreditam que as consequências negativas de um "Brexit", termo usado para se referir a uma suposta saída do Reino Unido da União Europeia, seriam maiores do que os benefícios dessa retirada do bloco. No entanto, vale destacar que existe uma considerável parcela dos respondentes que acreditam que independentemente do resultado do referendo, nada mudaria (50% entre os alemães, 43% entre os tchecos) ou que não se sentem confortáveis o suficiente para fazer qualquer previsão. Com exceção da Irlanda, a soma desses "indiferentes" ou "céticos" chega perto ou excede 50% dos entrevistados.



Kantar
  • SAVE
  • Close

    SHARE THIS WITH FRIENDS

  • EMBED
    Close

Essa tendência é ainda mais forte quando os entrevistados são questionados sobre o impacto de um "Brexit" no funcionamento geral da União Europeia.

Com exceção da Holanda (possivelmente ainda afetada pelo recente referendo sobre um acordo de associação entre a Ucrânia e a União Europeia, onde o "não", defendido por um ceticismo europeu, ganhou), os cidadãos dos países que fizeram parte da pesquisa não são a favor, ao menos nesse momento, da realização de um referendo similar em seus países: 64% dos poloneses, 61% dos irlandeses, 53% dos dinamarqueses e 50% dos finlandeses são contra a realização em seus países de referendos sobre a permanência na União Europeia. Na Holanda, 38% apoiariam a realização de um referendo, 28% seriam contra e 34% se disseram indecisos. Ainda assim, se um referendo fosse realizado, a maioria dos entrevistados seria a favor dos seus países se manterem parte do bloco, mesmo na Holanda e na Dinamarca.



Kantar
  • SAVE
  • Close

    SHARE THIS WITH FRIENDS

  • EMBED
    Close

 

Fonte: Kantar TNS

Nota da Editora

Todos os dados publicados no Kantar Brasil Insights são públicos e podem ser utilizados livremente.  

Jornalista, se precisar de mais dados ou se quiser entrevistar algum dos nossos especialistas, por favor, entre em contato conosco.

Você também pode receber nossas novidades através da nossa newsletter, ou acompanhando nossas postagens no Twitter, no Facebook ou na nossa página no Linked In.

Últimas Notícias

Experiência, imediatismo, influência, autenticidade, nicho e credibilidade na jornada de compra na Terceira era do Consumo

Como a nova era do consumo impacta os rumos do mundo conectado? Essa é a E.R.A de experiências, relacionamentos e algoritmos

Os Centennials representam 32% da população brasileira e estão se tornando uma potência econômica com influência crescente nos gastos e na fidelidade às marcas

Apesar do resultado superficial para o iOS não impressionar, o iPhone top de linha foi o mais vendido do mercado britânico

Criada a partir da fusão de Kantar Added Value, Kantar Futures, Kantar Retail e Kantar Vermeer, a nova marca da Kantar surge para para ajudar marcas e varejistas a crescer

Leia também